segunda-feira, 30 de maio de 2016

Claudia Leitte mostra para Ivete o segredo das pernas bronzeadas
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Lustra móveis é só um apelido criativo para o bronzeador caseiro que Claudia Leitte aplica nas pernas antes de colocar uma meia-calça apertadinha. Segundo a cantora, é esse o segredo das pernas torneadas que exibe nos shows. Em entrevista com Ivete Sangalo para o 'Superbonita' desta segunda (30), às 21h30, a cantora ensina a fazer o cosmético usando hidratante e pó de maquiagem. O papo é uma delícia e fecha esta temporada do 'Super'. Assista ao vídeo!

video

domingo, 29 de maio de 2016

Ivete Sangalo é aplaudida por 85 mil pessoas no RockInRio Lisboa
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


A cantora brasileira Ivete Sangalo disse no sábado, no Rock in Rio Lisboa, perante 85 mil pessoas, sentir-se uma “filha da terra”, e desejou “boa sorte ao Brasil e a todos os brasileiros”, neste tempo de “crise moral”.

A chuva que foi caindo com insistência ao final do dia não demoveu quem se apresentou no Parque da Bela Vista, fosse para ver Ivete Sangalo e D.A.M.A, com grandes enchentes, ou para ver Capitão Fausto e Real Estate, no palco secundário.

Debaixo de milhares de impermeáveis, distribuídos pela organização, os espectadores dançaram e saltaram com Ivete Sangalo, a celebrar ainda 20 anos de carreira. A senha voltou a ser “Tira o pé do chão!”, exclamada pela cantora.

Desfilando vários êxitos, como “Arêrê” e “Na base do beijo” e “Abalou”, Ivete Sangalo cantou um tema novo, revisitou Bob Marley, convocou o carnaval de Salvador da Bahia e recebeu os parabéns do público, por ter feito 44 anos.

Mas não esqueceu que, na plateia, estavam muitos brasileiros, que têm vivido à distância os recentes acontecimentos políticos no Brasil.

Ivete Sangalo disse que o país está a viver “um momento muito difícil” e que acordou para uma “crise moral”. “Tenhamos a moral de concertar o que foi feito. Tenhamos integridade e a sorte de pensar certo. Boa sorte ao meu Brasil”, disse.

Fonte : mundolusiada

Ivete Sangalo faz pose com direito a uma empinadinha em Portugal
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Ivete Sangalo compartilhou uma foto dos preparativos para subir ao Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa neste domingo (29). A cantora, que se apresentou no sábado (28), fará um show extra para substituir o espaço na programação, uma vez que Ariana Grande cancelou sua performance por conta de uma forte dor de garganta.

"Sempre pronta pra cantar, emocionar e viver intensamente cada show! Obrigada, Portugal", disse Ivete.

Para a apresentação de sábado, a cantora usou um modelito assinado pelo estilista Davidson Zanine.

Rock in Rio termina hoje com Ivete Sangalo
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Esta seria a estreia da cantora norte-americana Ariana Grande em Portugal, mas o concerto foi cancelado, na madrugada de domingo, com a organização a anunciar a substituição por Ivete Sangalo, que já tinha atuado no sábado, para cerca de 85 mil pessoas.

No Palco Mundo, além de Avicii, músico e produtor de 26 anos, que regressa a Portugal numa altura em que põe fim à carreira, atuará ainda o norte-americano Charlie Puth, de 24 anos.

Com apenas um álbum na bagagem, "Nine Track Mind", editado este ano, o miúdo que se tornou conhecido com vídeos que partilhava no YouTube, é responsável por temas de sucesso como "Marvin Gaye", no qual conta com a participação de Meghan Trainor, e "One Call Away".

A voz de Charlie Puth é famosa também pela participação na música "See you again", de Wiz Khalifa, que fez parte da banda sonora de "Velocidade Furiosa 7" e é uma homenagem ao ator Paul Walker.

O alinhamento de concertos contará ainda com as espanholas Hinds e os portugueses B Fachada e Isaura, no Palco Vodafone, com os brasileiros Toni Garrido e Simoninha, na Rock Street, e com os DJ Rodriguez Jr e Gusgus, no palco Eletrónica.

Hoje, as portas da 'cidade do rock' abrem às 15:00 e encerram às 03:00.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê, para hoje, em Lisboa, aguaceiros fracos e temperaturas entre os 14 e os 20 graus centígrados.

Rock in Rio. O samba é à prova de temporal
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Ivete Sangalo nunca desilude. Aos 44 anos a promessa cumpriu-se e a chuva, melhor dizer o samba, afastou a atmosfera cinzenta

Ivete Sangalo já é tradição, embora costume ser coisa para se consumir ao sol, mais pela tarde. A novidade do horário trouxe também a chuva, mas a musa do Rock in Rio resiste a tudo, vence até o tempo adverso. É a mulher continua em forma, as pernas ao alto, outra tradição em curso.

Qual chuva, Ivete Sangalo não é moda, apressa-se a berrar "vamo esquentar Rock in Rio". E bem que esquenta, que até já se fazem comboios.

Sorte a nossa, ao nosso lado um bando de 8 adolescentes parecem ter o momento mais feliz da sua vida, ao som de "Abalou", o que só por isso, se não for por mais nada, tem o seu quê de beleza juvenil. E se a chuva vai e volta, a brasileira, do seu lado, não tira folga, dança sem parar e com ela vai tudo, um concerto abençoado. As miúdas aqui do lado trazem mesmo coreografia, e se for de momento estão coordenadas na perfeição, justiça lhes seja feita. A nós cabe-nos dizer que percebemos os momentos mais íntimos, quando Ivete pega na guitarra, o amor é sempre preciso, ainda assim, se nos permitirem, preferimos a brasileira dançar do de guitarra ao peito.

O anfiteatro da Bela Vista vira sambódromo, e se o carnaval no Rio não se encolhe à chuva porque razão o iria fazer aqui? As constipações são preocupação para ter amanhã. Do lado oposto à coreografia uma criança parece querer mostrar ao pai que esta não será a primeira vez que terá que a acompanhar a um festival. Ou que pelo menos não vai perder o próximo concerto de Ivete. A festa segue encharcada mas sem deixar de ser picante, tropical como se pede que seja. Se calhar queríamos isto na versão luz natural, só porque os decotes ficam sempre mais reluzentes, aqui estão escondidos nas gabardinas de plástico, aquelas à prova de chuva, que a organização andou a distribuir.

Mas Ivete não é só samba, às tantas um discurso político, um alerta a pedir que se faça justiça no seu país. Aos 44 anos, a cantora brasileira ainda têm pedalada para dar conta de uma plateia bastante bem composta, sempre a tirar o pé do chão, e que fica sempre deliciada com este encontro. É claro que isto se aplica a quem sabe o samba, no fundo, a quem se dá bem com estes ritmos de dança nem sempre imediata. Para os pés de chumbo ou que simplesmente não gostam de dançar há que dizer que já se passaram piores momentos nesta edição.

Fechamos com chave de ouro, o momento em que quatro asiáticas passam por nós a correr e corriam bem, a sua tentativa de samba, a ser filmado, era o vídeo mais visto do ano no YouTube. Culpa de Ivete, pois claro.

Ivete regressa ao Rock in Rio: "Adoro dar concertos em Portugal"
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Ivete Sangalo está de volta a Portugal e ao Rock in Rio. A cantora brasileira participou em todas as edições do festival em Portugal e esta não foi exceção. Mesmo que para isso tenha de voltar a celebrar o aniversário (Ivete Sangalo celebrou o 44º aniversário esta sexta-feira) pelo parque da Bela Vista.

Não é o primeiro aniversário que passo em Portugal. Portugal tem uma simbologia muito especial para mim. É um país que eu quero muito bem, que eu tive experiências deliciosas aqui e muitas delas em torno do meu aniversário. Acho que vai ser uma festa grandiosa e sinto-me muito lisonjeada de estar nas sete edições", confessa a cantora em entrevista à TVI24.

Com um reportório criado ao longo de 20 anos de carreira, Ivete Sangalo está pronta para fazer o público português "tirar o pé do chão".

"Eu adoro fazer show aqui. Eu, literalmente, sinto-me em casa aqui em Lisboa", afirma a cantora, já depois de ter confessado que acha os portugueses "um público extremamente divertido".

A música que eu faço é uma música extremamente característica do lugar de onde eu venho e o povo português absorveu (...) essa onda musical da gente e é muito bom porque eles se diverte como a gente se diverte na Bahia.

Para a a única artista brasileira a ter estado presente em todas as edições do Rock in Rio Lisboa, "todas as oportunidades" são boas para regressar a Portugal são boas, até porque se sente "totalmente em casa".

É sempre muito bom. Agora, indiscutivelmente, fazer música quando se tem uma plateia esperando por você é muito massa".

Ao quarto dia, Ivete Sangalo sobe ao palco antes de Maroon 5. Antes, atuaram os D.A.M.A., a segunda banda portuguesa a subir ao Palco Mundo do festival.

video

Rock In Rio sem Ivete Sangalo não seria Rock In Rio
Postado Por: iveteonlineCompartilhe:


Rock In Rio, vamos esquentar! Um rio de pirilampos ergue-se pelo Parque da Bela Vista mal se ouvem os primeiros segundos de música, trazidos por um furacão chamado Ivete Sangalo. Furacão esse que conseguiu afastar a chuva, empolgando os milhares de pessoas que se acotovelaram junto do Palco Mundo, não tanto por ela mas sobretudo por causa dos Maroon 5, que encabeçam este quarto dia.

Mas antes do charme de Adam Levine há a nobreza de Ivete, mulherão com 44 anos (feitos ontem, com direito aos parabéns da audiência) e que afirma ter apenas 18. Vestido preto com lantejoulas, um par de pernas que parece não ter fim, e uma energia infindável que transforma o recinto numa gigantesca aula de ginástica. Valha a verdade, isto é serviço público: um bilhete para o Rock In Rio custará menos que a mensalidade de muitos bons ginásios. Milhares de quilogramas haverão de ter sido perdidos ao longo da hora e pouco em que Ivete Sangalo esteve em palco.

Não é para menos. Acima de tudo sejamos honestos - a banda de Ivete tem qualidade. Baixo groovy, secção de sopros impecável, ritmo contagiante, tal como a presença da cantora em palco, que poucos minutos depois de iniciar o seu espetáculo se descalça e corre para junto do seu público. Eu sou o fogo que Lisboa precisava, afirma.

Fogo esse que teve o condão de afastar a chuva que caiu durante a tarde, e que transformou em lama a poeira que a brasileira prometia levantar. Não o fez, mas levantou lama; e, parafraseando Adolfo Luxúria Canibal, dos Mão Morta, num célebre concerto (e numa célebre diatribe) em Paredes de Coura, "levantem lama, pois foi da lama que se fez o mundo"...

Para além de homenagear Bob Marley - com uma versão de "Could You Be Loved" - e de abordar por breves instantes a instabilidade política que o seu país atravessa hoje em dia, Ivete jurou o seu amor por Portugal e por este espaço, no qual marca presença desde a sua génese. No fundo, o Rock In Rio não o seria sem a cantora. O final, frenético como o concerto inteiro, deixou felizes e suados aqueles que não deixaram, por um segundo, de erguer bem alto os braços e dar azo à alegria. Uma alegria que, provavelmente, voltaremos a viver dentro de dois anos.

Fonte : Bliz